0

Em pleno séc XXI tem gente que insiste em acreditar (ou pelo menos falam que acreditam - se bem que nem sempre as pessoas falam sobre aquilo que acreditam, né ... whatever) que você não precisa de tecnologia para ter boa performance e sucesso nos estudos.

Isso me lembra o leading case da Kodak.
Liderava mercado na indústria de fotografia e não acreditou que as câmaras tradicionais e os filmes de revelação pudessem evoluir para câmeras digitais. O que aconteceu? Foi engolida pelo mercado. Hoje suas lojas vendem óculos de grau/sol.

Negar o uso da tecnologia e da inteligência artificial à serviço da educação e achar que “um sisteminha” não vai te ajudar em nada é “pensar Kodak”!
A Educação 4.0 já é uma realidade e os professores tradicionais que não se adaptarem à ela correm o risco de “vender óculos” no futuro.

O mundo mudou. As pessoas mudaram. A educação tem que mudar.
Não há mais espaço para uma educação homogeneizada.
Temos que levar em conta as habilidades, aptidões, necessidades, talentos e sonhos de cada aluno.
Os projetos “enlatados” ñ serão consumidos pela geração millenium.

O que serve para uma pessoa não necessariamente servirá para outra.
Por isso que cada um tem que ter a sua própria rota de estudo.
Cada um traça seu caminho do estado atual (que é individual e leva em conta as habilidades/necessidades) ao estado desejado também individual).

 

Marco Antonio Araujo Junior
Advogado / Autor / Coach
Empreendedor na área de educação 
Fundador e Professor do MEU CURSO

Post comments

Leave A Reply

Your email address will not be published.